Suspeito pelo atentado contra a maratona de Boston, em abril do ano passado, Dzhokhar Tsarnaev, de 20 anos, irá a júri popular no dia 3 de novembro, determinou nesta quarta-feira um juiz federal norte-americano. Se for considerado culpado, Tsarnaev estará sujeito à pena de morte.

Três pessoas morreram no ataque em Boston e mais de 260 ficaram feridas. Dzhokar teria planejado e executado o atentado juntamente com seu irmão, Tamerlan – morto em uma troca de tiros com a polícia.

Advogados de defesa querem adiar o julgamento para o ano que vem, dizendo não ter tempo suficiente para analisar as duas mil provas levantadas pela polícia federal norte-americana (FBI, por sua iniciais em inglês).

A procuradoria afirma ter colocado à disposição dos advogados 67 terabytes de arquivos recolhidos ao longo da investigação. Fonte: Associated Press.