Um diplomata iraniano foi cercado e ameaçado por manifestantes no entorno da sede da ONU (Organização das Nações Unidas) em Nova York, ontem.

O porta-voz do vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Ramin Mehmanparast, caminhava quando foi identificado e abordado por um grupo de manifestantes, entre a 48ª Rua e a 2ª Avenida. 

De acordo com a Polícia de Nova York, os agentes que estavam por perto perceberam o risco e o ajudaram a se livrar do grupo e ir a um lugar seguro. Para o porta-voz da polícia, Paul Browne, as ameaças foram apenas verbais.

O incidente ocorreu depois do discurso do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, à 67ª Assembleia-Geral da ONU. Foi por causa do discurso que milhares de manifestantes contrários ao iraniano estavam reunidos na Praça Dag Hammarskjold, em frente ao prédio.