Milhares de manifestantes atacaram nesta segunda-feira (27) os escritórios da Organização das Nações Unidas (ONU) no leste do Congo. Eles lançaram pedras contra a parede que cerca o local, na capital provincial de Goma, afirmou uma porta-voz da entidade. Além disso, carros e janelas foram destruídos pelos manifestantes.

Há descontentamento no leste do país pois uma força de mantenedores de paz da ONU de 17 mil homens foi incapaz de proteger a população local de um ataque rebelde. Dezenas de milhares de civis tiveram que fugir de suas casas. Centenas de soldados retornavam de uma frente de batalha em tanques, jipes, caminhões e a pé. Aparentemente tratava-se de uma retirada das forças do governo, sob ataque de rebeldes ligados ao renegado general Laurent Nkunda.