O governo da Malásia anunciou nesta segunda-feira que destroços foram encontrados nas ilhas Maldivas, no oceano Índico, e que irá enviar uma equipe para verificar se são do avião desaparecido da Malaysia Airlines.

No entanto, o ministro dos Transportes da Malásia, Liow Tiong Lai, disse que ainda era muito cedo para especular se os destroços encontrados nas Maldivas estão ligados ao voo 370.

Ele afirmou que a equipe da Malásia vai primeiro tentar determinar se os restos são de um avião antes de prosseguir. Ele não deu detalhes sobre o tipo de destroços encontrados.

Na semana passada, o primeiro-ministro da Malásia confirmou como sendo do avião 370 a parte da asa, conhecida como flaperon, que foi encontrada perto da ilha francesa de Réunion, também no oceano Índico. O avião da Malaysia Airlines desapareceu no dia 8 de março de 2015, com 239 pessoas a bordo que viajavam de Kuala Lampur para Pequim.

A busca na ilha francesa continua. Trabalhadores municipais vasculharam a costa oriental da ilha, recolhendo tudo o que fosse encontrado, como pano velho, parte de um pneu, garrafas de plástico e outros objetos que o mar levou para as rochas e areia da ilha. Fonte: Associated Press.