Os dois líderes rivais líbios começaram a negociar um acordo formal de cessar-fogo nesta segunda-feira, 13, em Moscou. O chefe do Governo de União Nacional (GNA), reconhecido pela ONU, Fayez al-Sarraj, e o marechal Kalifa Haftar, que controla o leste do país, viajaram para a capital da Rússia, mas não se encontraram. O chanceler russo, Sergei Lavrov, anunciou que Sarraj já assinou o acordo, enquanto o marechal Haftar pediu um pouco mais de tempo para tomar uma decisão. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.