Um oficial de segurança e testemunhas disseram que ataques aéreos têm como alvo um acampamento de milícia na cidade oriental líbia de Benghazi, enviando colunas de fumaça negra no ar e provocando tiros de retaliação.

O oficial disse que dois ataques aéreos atingiram um acampamento da milícia “17 de fevereiro” como parte de uma ofensiva do renegado general Khalifa Hifter contra milícias islâmicas.

Hifter tem mobilizado o apoio de políticos do país, tribos e unidades do exército.

A milícia “17 de fevereiro” foi fundada pelo islâmico Abu Katef e é um dos maiores e mais poderosos grupos paramilitares que atuam em Bengazi. Suas forças se originaram nas brigadas rebeldes que derrubaram ditador Muamar Kadafi.

O oficial disse que a milícia respondeu com fogo antiaéreo. O funcionário falou em condição de anonimato porque não estava autorizado a falar com jornalistas.

Testemunhas disseram que moradores em pânico fugiram da região. Fonte: Associated Press.