O anúncio formal de que a Líbia foi libertada do antigo regime do ditador Muamar Kadafi será feito no domingo, informou um graduado integrante do governo interino à agência France Presse.

“O anúncio da libertação será feito em Benghazi às 17h (13h de Brasília) do domingo, no tribunal de Justiça”, disse ele, em condição de anonimato. A declaração deve ser feita pelo líder interino da Líbia, Mustafa Abdel Jalil.

Foi em Benghazi, a segunda maior cidade da Líbia, que os rebeldes se levantaram contra o regime de Kadafi em fevereiro e o local onde o Conselho Nacional de Transição, o novo regime do país, ainda está sediado.

O primeiro-ministro líbio Mahmoud Jibril disse na quinta-feira, após o anúncio da morte de Kadafi e a tomada de sua cidade natal, Sirta, que a prometida declaração de que o país estava finalmente livre seria feita ontem ou no máximo nesta sexta-feira.

O anúncio será seguido pela formação de um governo interino que vai supervisionar a redação de uma nova construção e realizar eleições livres após quatro décadas de ditadura. As informações são da Dow Jones.