Jovens gregos retomaram os protestos iniciados há duas semanas na Grécia contra a morte do adolescente de 15 anos, Alexandros Grigoropoulos, que morreu depois de ser atingido por um policial. Neste sábado (20) os manifestantes atearam fogo ao prédio de uma companhia e atiraram sacos de lixo na árvore de Natal, que havia sido incendiada há uma semana.

A polícia espera novos protestos ainda hoje. Um grupo de jovens usando máscaras jogou uma bomba que danificou as instalações da Tirésias SA, companhia que armazena dados sobre portadores de cartões de créditos. O prédio foi incendiado, o fogo já foi controlado, mas o prédio ficou destruído, segundo testemunhas.

Ao norte da cidade de Thessaloniki, um pequeno grupo ocupou um cinema na principal praça da região para atirar bolos no prefeito Vassilis Papageorgopoulos e vereadores que participavam de um evento em celebração ao Natal. O protesto realizado hoje foi anunciado como parte do dia de protestos em todo o mundo, já que hoje faz exatamente duas semanas que o adolescente atingido pela arma de um policial morreu.