Uma nova pesquisa nacional mostrou que o apoio ao primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, e a seu gabinete caiu 2,5 pontos porcentuais em relação ao mês passado.

A aprovação pública permaneceu em 44,6% segundo a pesquisa da agência de notícias Kyodo divulgada neste domingo. A taxa de desaprovação subiu 6 pontos, para 40,3%.

Os números de Noda vêm caindo desde que ele assumiu o cargo em setembro.

Os entrevistados mostraram cautela com os planos do governo de elevar os impostos sobre o consumo, atualmente de 5%. Mais da metade deles afirmou querer uma eleição geral antes que a alta seja aprovada.

A Kyodo entrevistou 1,021 eleitores por telefone no fim de semana. As informações são da Associated Press.