A Tokyo Electric Power (Tepco) informou que sua usina nuclear Hamaoka, que fica na área de Shizuoka, não foi afetada pelo terremoto de magnitude 6,0 registrado hoje na região. Mas o tremor causou blecautes que afetaram 22 mil residências e empresas. A cidade de Fujinomiya também foi afetada pela interrupção no fornecimento de energia. O serviço de trens de alta velocidade está suspenso na região.

O epicentro do novo tremor fica em Shizuoka, 120 quilômetros a sudoeste de Tóquio e perto do Monte Fuji, uma área propensa a terremotos. A profundidade do abalo foi relativamente pequena, de 10 quilômetros. O sismo ocorre quatro dias após um violento terremoto seguido de um tsunami atingir a costa norte do Japão, na sexta-feira. As informações são da Dow Jones.