O Japão disse que está mantendo altos níveis de vigilância e tomando “todas as medidas possíveis” para responder a qualquer movimento que venha da Península Coreana, onde a Coreia do Norte deu sinais de que pode realizar mais testes nucleares.

O Ministério das Relações Exteriores japonês se recusou a comentar partes específicas de uma entrevista do vice-ministro de Relações Exteriores norte-coreano, Han Song Ryol, que disse nesta sexta-feira que seu país realizará seu próximo teste nuclear sempre que seus líderes acharem oportuno. Os EUA dizem que estão considerando uma ação militar caso isso aconteça.

O Japão afirmou que continuará com os esforços, ao lado dos EUA e da Coreia do Sul, para convencer Pyongyang a parar com novas provocações e a cumprir com as resoluções da ONU, que proíbem o desenvolvimento de tecnologia de mísseis. Fonte: Associated Press.