O Exército de Israel afirmou que aviões israelenses atingiram os militantes palestinos que dispararam um total de 10 foguetes contra Israel neste domingo (18), horas depois de o país declarar um cessar-fogo unilateral na sua guerra contra o Hamas.

Segundo os militares, os foguetes disparados pelos militantes atingiram a região sul de Israel, mas não deixaram feridos. Autoridades de Gaza, por outro lado, disseram que uma mulher e uma criança foram feridos durante a represália de Israel ao grupo que lançou os projéteis.

“A decisão de Israel permite que o país responda e renove os ataques contra os nossos inimigos enquanto eles nos atacarem”, afirmou o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, hoje, no início da reunião semanal do gabinete do governo. “Nesta manhã, alguns deles continuaram atacando, provocando o que já havíamos alertado”, afirmou Olmert. “Este cessar-fogo é frágil e devemos examiná-lo de minuto em minuto, de hora em hora.”

Mais cedo, um tanque israelense abriu fogo contra um homem armado na Cidade de Gaza, quando tropas eram alvo de ataques horas após o cessar-fogo ser iniciado, informou o Exército.

Logo pela manhã, uma rádio pública israelense afirmou que um helicóptero abriu fogo sobre a Cidade de Gaza e imagens de televisão mostraram uma aeronave atirando sobre a região. As informações são da Associated Press.