O ministro de petróleo do Irã, Mahdi Hosseini, anunciou neste domingo que o país pretende lançar em junho um novo tipo de contrato de petróleo que será mais atraente para os investidores.

Segundo Hosseini, as sanções impostas ao Irã, em função de suas atividades nucleares, motivaram a revisão dos contratos. O ministro disse que os novos contratos foram pensados para a “era pós-sanção”, mas não deu mais detalhes.

Hosseini explicou que muitas petrolíferas que atuam em campos iranianos têm reclamado dos custos gerados pelo atual sistema contratual.

Em novembro, o Irã assinou um acordo provisório com as potências mundiais pelo qual Teerã interromperá parte de suas operações nucleares em troca de um alívio às sanções. As negociações para um acordo definitivo vão começar ainda este mês. Fonte: Associated Press.