O Irã não vai considerar o envio para o exterior de seu estoque de urânio enriquecido como parte de qualquer acordo com as potências mundiais, disse o negociador nuclear iraniano Abbas Araghchi. As declarações dele ocorrem antes de novas negociações entre o Irã e os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), mais a Alemanha, em Genebra, esta semana.

Araghchi disse que “enviar material para o exterior é a nossa linha vermelha”. Ele afirmou ainda que o Irã não vai recuar “um milímetro” de seu direito de enriquecer urânio. O Ocidente acusa o país de tentar construir armas nucleares, o que Teerã nega.

As declarações de Araghchi, divulgadas pela TV estatal iraniana, contrariaram o discurso do presidente do Parlamento, Ali Larijani, que, na semana passada, disse que o Irã estaria disposto a discutir seu “excedente” com as potências nucleares. Fonte: Associated Press.