A Ineos, que opera o sistema de oleodutos no campo de Forties, no Mar do Norte, divulgou nesta segunda-feira que as reparações mecânicas no sistema foram finalizadas e deve voltar a operar com força total no começo de 2018, após as interrupções das atividades no início de dezembro, devido a uma rachadura no sistema.

Segundo nota publicada pela operadora do Reino Unido, as reparações no sistema foram realizadas durante o Feriado do Natal. Testes estão sendo feitos hoje para que o fluxo total dos oleodutos possa ser normalizado no começo de janeiro de 2018. “As reparações nos oleodutos estão mecanicamente completas e os testes de pressão estão avançados”, segundo nota da Ineos.

Os contratos futuros de petróleo foram apoiados nas últimas semanas com notícias da interrupção das operações no campo de Forties. O sistema produz cerca de 440 mil barris por dia.