As autoridades na Grécia afirmaram, hoje, que todos os focos de incêndio na grande Atenas foram controlados ou confinados a pequenas áreas. O fogo destruiu 21 mil hectares de florestas e áreas agricultáveis. Segundo o departamento de incêndio, centenas de bombeiros permaneciam na área para evitar o reinício do problema. Funcionários do governo regional apontaram que entre 50 e 60 residências foram destruídas, segundo uma estimativa inicial divulgada nesta quarta-feira. Outras 150 casas tiveram sérios danos causados pelo fogo.

As autoridades ainda não sabem o que iniciou o fogo. Há dois anos, incêndios similares mataram 76 pessoas no país. A cada verão, centenas de incêndios florestais ameaçam a Grécia, muitos deles intencionalmente, às vezes iniciados por construtores ou pecuaristas tentando aumentar as áreas de pasto.