Um incêndio em uma fábrica nas Filipinas matou pelo menos 72 trabalhadores, que ficaram presos no segundo andar do prédio. A polícia investiga o caso, após um parente de várias vítimas dizer que barras de ferro na janela impediram que as vítimas escapassem.

O incêndio ocorreu na fábrica de sandálias da empresa Kentex Manufacturing, no subúrbio de Manila, disse o chefe de polícia da cidade de Valenzuela, Rhoderick Armamento. A polícia busca identificar as vítimas e também apurar as causas do fogo.

Dionisio Candido, que tem uma filha, uma neta, uma cunhada e uma sobrinha entre os desaparecidos, disse que havia barras de ferro impedindo a abertura das janelas. Há dúvidas sobre se a fábrica cumprir os requisitos de segurança e prevenção a incêndios.

Barras de ferro em janelas são comuns em escritórios, fábricas e casas nas Filipinas, para evitar assaltos. Em locais de trabalho, também são usadas para impedir que funcionários roubem equipamentos ou produtos. Segundo autoridades, o prédio tinha mais de uma saída, mas aparentemente os funcionários ficaram desorientados diante da fumaça preta causada pela borracha e pelos produtos químicos queimados, substâncias altamente inflamáveis e que espalham o fogo rapidamente. Fonte: Associated Press.