Pelo menos oito alunas de um internato no oeste do Quênia morreram após um incêndio tomar conta dos dormitórios do centro educacional, informou a imprensa local nesta quinta-feira.

Segundo o periódico “Daily Nation”, o incêndio aconteceu ontem à noite em um dos quartos onde dormiam alunas com idades em torno de 13 e 14 anos.

A direção do Colégio de Educação Primária Asumbi não deu detalhes sobre a tragédia, mas os relatórios iniciais da Polícia e das autoridades que acudiram ao local apontam que o fogo pode ter sido causado por um curto-circuito.

As primeiras investigações indicam ainda que a direção do centro educacional colocara um cadeado na porta do quarto, pelo que não as alunas não poderiam abri-la para fugir do incêndio.