A Igreja Católica beatificou hoje 522 pessoas assassinadas antes e durante a Guerra Civil Espanhola, travada entre 1936 e 1939. A maior parte dos beatificados é composta por padres e freiras.

A beatificação, passo que antecede a canonização, foi presidida pelo cardeal Angelo Amato em uma cerimônia ao ar livre assistida por milhares de pessoas em Tarragona, na Catalunha. O papa Francisco proferiu um breve discurso via teleconferência. Fonte: Associated Press.