O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, fez uma cirurgia em Cuba ontem, para tratar de um abscesso pélvico. Segundo informações do ministro de Relações Exteriores da Venezuela, Nicolas Maduro, Chávez apresentava boas condições após a cirurgia e deve retornar a Caracas dentro de “poucos dias”.

Um abscesso pélvico é um acúmulo de pus que pode ser provocado por diversos fatores, incluindo infecção e complicações de cirurgias. Após um exame revelar a descoberta do abscesso, o presidente venezuelano decidiu passar pelo procedimento cirúrgico corretivo imediatamente.

A cirurgia, que ocorreu em Havana, teve um resultado satisfatório e o líder venezuelano iniciou um processo de recuperação, disse o ministro, que afirmou ainda que o presidente cubano Raul Castro e seu irmão Fidel deram a Chávez um “apoio inestimável” durante seu tratamento médico.

Chávez machucou o joelho no mês passado, o que o levou a postergar viagens que faria para o Brasil, Equador e Cuba. Maduro afirmou que a viagem para Cuba, onde Chávez chegou na quarta-feira, agravou suas condições, o que motivou a cirurgia pélvica. As informações são da Associated Press.