O secretário de Energia dos Estados Unidos, Steven Chu, afirmou acreditar que um “derretimento parcial” ocorreu na usina de energia nuclear do Japão, na qual explosões e danos em seguida ao terremoto de sexta-feira levantaram preocupações com vazamentos de radiação. No entanto, Chu acrescentou que a usina Daiichi, em Fukushima, possui sistemas de contenção para evitar vazamentos. Segundo o secretário norte-americano, um derretimento parcial não significa que “os sistemas de contenção vão falhar”.

Em um pronunciamento para o subcomitê de Energia e Comércio da Câmara dos EUA, Chu afirmou acreditar que o desastre no complexo foi “mais sério” do que o derretimento parcial ocorrido em 1979 em Three Mile Island, na Pensilvânia (EUA). “Eu acho que os eventos que estão se desenvolvendo no incidente do Japão realmente parecem ser mais sérios do que os de Three Mile Island”, declarou.

“Nós estamos tentando monitorar (a situação) muito de perto”, disse Chu. “Nós estamos ouvindo relatos conflitantes sobre o que está acontecendo exatamente. Há vários reatores agora sob risco. Eu não gostaria de especular sobre o que vai acontecer exatamente. Portanto, permita-nos dizer apenas que monitoramos bem de perto”, acrescentou. As informações são da Dow Jones.