A secretária de Estado norte-americana, Hilary Clinton, disse hoje que seu país e a Rússia estão conquistando “progresso substancial” na negociação de um acordo para substituir o tratado de redução de armas nucleares, que expirou no ano passado. “Nós chegaremos a um acordo final em breve”, previu Hillary. Ela fez a declaração durante uma visita de dois dias a Moscou para a realização de conversações sobre uma série de questões internacionais.

O esperado acordo deve substituir o Tratado de Redução de Armas Estratégicas (Start), que expirou em 5 de dezembro. O novo pacto é visto como um pilar no chamado relançamento das relações entre os dois países, antes inimigos na Guerra Fria.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e seu colega russo, Dmitry Medvedev, pediram que o acordo fosse fechado logo, quando se encontraram em Moscou em julho. Porém, as negociações ficaram emperradas por questões como métodos de contagem, procedimentos de verificação e os planos dos EUA para instalar um sistema antimísseis na Europa. As informações são da Dow Jones.