Meghan Markle e o príncipe Harry estão planejando um período sabático na África após o nascimento do primeiro filho, mas a mudança pode custar 1 milhão de libras (R$ 5,1 milhões) extras aos contribuintes britânicos. Segundo a imprensa local, o casal pretende viver dois anos em Botsuana ou na África do Sul. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.