O atentado a bomba e o tiroteio que deixaram pelo menos 11 mortos e 15 feridos hoje em Oslo, na Noruega, foram assumidos por um grupo islamita até agora desconhecido, o Ansar al-Jihad al-Alami. A informação partiu da televisão norueguesa NRK.

A violência começou quando uma bomba explodiu nas proximidades da sede do governo norueguês, ataque que deixou sete mortos e 15 feridos, atingindo também a redação do tabloide VG, o maior do país. Mais tarde, um homem que vestia uniforme de policial atirou contra participantes de uma reunião da juventude do Partido Trabalhista norueguês, atualmente no governo, matando quatro pessoas. O suposto atirador foi detido.