A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que o número de casos confirmados de gripe suína atingiu 7.520, um aumento de mais de mil casos em 24 horas – ontem, o registrado era de 6.497.

Ao todo, 65 pessoas morreram em decorrência do vírus. De acordo com o último boletim da OMS, divulgado hoje, a gripe já chegou a 34 países, mas o número não inclui o Peru, que confirmou seu primeiro caso ontem à noite, e a Malásia, que também registrou o primeiro caso confirmado nesta madrugada.

A agência informou ainda que um estudo indica que o vírus A (H1N1) deve chegar a regiões ainda não afetadas. “O vírus é suficientemente transmissível para esperarmos continuados contágios em nível comunitário e disseminação regional”, disse o diretor-geral assistente interino da OMS, Keiji Fukuda.

O boletim anterior da OMS, divulgado na manhã de ontem, registrava 6.497 casos confirmados de gripe suína em 33 países. As informações são da Dow Jones.