A greve geral na Bélgica paralisou o tráfego ferroviário e aéreo, além de suspender operações em empresas, em todo o país nesta segunda-feira.

O protesto deste começo de semana é contra medidas tomadas pelo governo que cortam os ganhos dos funcionários, estendem as horas de trabalho e limitam os serviços sociais.

A greve também teve um impacto internacional imediato, uma vez que paralisou efetivamente o Aeroporto de Bruxelas, que possui ligações com toda a Europa e outros locais. A porta-voz do aeroporto Florence Muls disse que cerca de 600 voos foram cancelados, afetando 50 mil passageiros.

A série de ações trabalhistas começou no mês passado com uma manifestação que atraiu 120 mil pessoas. Fonte: Associated Press.