A Grã-Bretanha aumentará seu contingente no Afeganistão para 9.500 soldados, anunciou hoje o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown. Além do aumento – serão enviados 500 soldados -, haverá também “claros conselhos militares” para os comandantes in loco, afirmou Brown na Câmara dos Comuns, em Londres.

O primeiro-ministro disse que o aumento no número de soldados busca mostrar ao novo governo afegão o compromisso com o treinamento e o reforço militar para o país. Brown notou que a iniciativa é parte de uma abordagem tomada pela coalizão de países com forças no Afeganistão, “com todos os países suportando sua parcela justa” do problema.

“Nós estamos determinados a fornecer às nossas forças os recursos de que eles necessitam para permanecer em segurança”, disse Brown. “Também estamos determinados para tomar as decisões certas sobre equipamentos e mais envio de tropas.”

Brown anunciou que a Grã-Bretanha construirá um novo centro de treinamento para o Exército afegão e treinará 10 mil tropas locais na instável província de Helmand, no sul do país, onde ocorre a maioria das mortes de soldados britânicos. As informações são da Dow Jones.