A agência de notícias estatal síria Sana informou nesta segunda-feira que o presidente Bashar Assad nomeou um novo ministro da Defesa do país. O chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, general Dawoud Rajha, vai substituir Ali Habib no cargo. A mudança ministerial faz parte de uma série de alterações em postos-chave do governo, afirmou a Sana.

A decisão de Assad ocorre em meio ao aumento das críticas internacionais sobre a repressão do governo contra manifestantes. Arábia Saudita, Kuwait e Bahrein já chamaram seus embaixadores em Damasco. Novas ações violentas contra ativistas foram registradas nesta segunda-feira no território sírio. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.