O governo do Haiti disse hoje que está pronto para emitir um novo passaporte para o ex-presidente Jean-Bertrand Aristide, o que vai permitir que ele retorne ao país após seis anos de exílio na África do Sul. “O governo dará a ele garantias e, tão logo receba tal pedido, elas serão rapidamente fornecidas”, disse o Ministério da Informação, em comunicado.

Aristide, que fugiu do país caribenho em 2004, pediu formalmente às autoridades haitianas que emitissem para ele um passaporte diplomático e fornecessem garantias de segurança. “Meu entendimento é de que o Conselho de Ministros concordou em emitir um passaporte diplomático a Aristide tendo em vista que ele foi presidente da república”, disse sua advogada, Marie-Michele Rey, à agência de notícias France Presse. As informações são da Dow Jones.