Pelo menos 20 pessoas morreram e 36 ficaram feridas pela passagem do furacão Tomas no Haiti, no fim de semana. As enchentes e deslizamentos deixaram cerca de 6 mil famílias desabrigadas, segundo informações divulgadas hoje pela Defesa Civil. A região mais atingida foi Grand’Anse, um departamento no sudoeste do país, onde quase 900 casas foram destruídas e outras 5 mil ficaram danificadas.

Tomas foi o primeiro furacão a atingir o país desde o violento terremoto de janeiro, que deixou 250 mil mortos e mais de 1 milhão de desabrigados. Além disso, o país enfrenta atualmente uma epidemia de cólera, que deixou mais de 500 mortos e quase 8 mil hospitalizados.

Autoridades e grupos de auxílio humanitário demonstraram preocupação com o fato do furacão Tomas poder devastar ainda mais a nação. O governo só conseguiu acomodar cerca de 100 mil pessoas em escolas, igrejas e hospitais antes do furacão, uma pequena parte dos que perderam suas casas no terremoto. As informações são da Associated Press.