Um atirador em uma motocicleta abriu fogo contra três soldados franceses em um caixa automático em uma rua de Montauban, no sul da França, matando dois dos militares e deixando o terceiro ferido, disseram policiais. Foi o segundo ataque contra soldados em um lugar público no sul francês em uma semana.

Mais cedo, o Ministério da Defesa da França emitiu um comunicado dizendo que todos os três soldados, paraquedistas, haviam morrido, mas um policial de Montauban e um militar do Ministério da Defesa disseram que o terceiro soldado está em condições críticas, mas vivo.

Os três soldados sacavam dinheiro em um caixa automático em Montauban, perto de Toulouse, quando um motoqueiro com capacete chegou e abriu fogo contra os homens e depois fugiu, disse o policial.

O ministro da Defesa, Gérard Longuet, expressou seus pêsames às famílias dos soldados mortos e o regimento deles, em comunicado. Os três serviam no 17º regimento de combate e engenharia dos paraquedistas, que fica próximo a Montauban.

No domingo, um soldado de 30 anos foi morto a tiros perto de um ginásio em Toulouse, por um agressor não identificado. A polícia e o Ministério da Defesa não ligaram os incidentes, mas os motivos para a violência não estão claros. O policial disse que os dois soldados mortos nesta quinta-feira tinham 24 e 26 anos.

As informações são da Associated Press.