O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, disse neste sábado que o governo adotará “medidas excepcionais” para garantir a segurança do protesto contra o terrorismo marcado para este domingo em Paris.

Entre as medidas, está a mobilização de 2,3 mil policiais, além de integrantes de forças paramilitares. Unidades especiais se dedicarão a proteger dignatários e líderes estrangeiros.

O governo também pretende restringir o tráfego em amplos trechos da cidade, afirmou Cazeneuve. Algumas das maiores praças de Paris foram designadas como pontos de concentração.

O protesto, que deve atrair uma multidão, está se tornando um teste para as forças de segurança da França na sequência dos ataques que mataram 17 pessoas esta semana. Autoridades francesas disseram não ter recebido qualquer ameaça ao evento. Fonte: Dow Jones Newswires.