O Exército da França admitiu hoje que suas tropas mataram acidentalmente quatro civis no Afeganistão, em 6 de abril. As mortes ocorreram em um ataque com míssil, tendo insurgentes como alvo inicial. De acordo com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), forças sob seu comando no sul afegão mataram por engano quatro civis, incluindo uma mulher e uma criança.

Um porta-voz do Exército francês, que tinha um contingente envolvido na missão da Otan, disse na quinta-feira que o ataque havia sido uma operação conjunta da França e do Afeganistão. As informações são da Dow Jones.