O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez críticas ao FBI, o serviço de inteligência interna do país, ao afirmar que a instituição é “totalmente incapaz” de impedir o vazamento de informações consideradas confidenciais à imprensa e que o fato pode ter um “efeito devastador” sobre os EUA.

“O FBI é totalmente incapaz de impedir os ‘informantes’ de segurança nacional que permeiam nosso governo há muito tempo. Eles (FBI) sequer conseguem encontrar os informantes dentro da própria instituição. Informações confidenciais estão sendo divulgadas para a imprensa e isso pode ter um efeito devastador sobre os EUA. ENCONTREM ELES AGORA”, escreveu Trump em sem Twitter nesta manhã.

Os comentários do presidente norte-americano ocorrem após a divulgação de relatos de um funcionário do governo de que o chefe de gabinete da Casa Branca, Reince Priebus, pediu ao vice-diretor do FBI, Andrew McCabe, que desmentisse as reportagens que revelaram que assessores da campanha de Donald Trump estavam frequentemente em contato com agentes de inteligência da Rússia durante as eleições. A CNN revelou a história.

Em uma coletiva de imprensa na semana passada considerada polêmica, Trump dedicou boa parte de sua fala a tecer críticas à imprensa por divulgar em suas matérias informações confidenciais que foram vazadas. (Gabriela Korman – gabriela.korman@estadao.com)