Três soldados israelenses sofreram ferimentos leves e moderados nesta terça-feira após a explosão de uma bomba quando patrulhavam ao lado da fronteira com Gaza, informaram fontes militares.

A bomba explodiu à altura do kibutz Nirim, quando a patrulha passava ao lado da cerca que separa os dois territórios, em um ataque parecido com que feriu gravemente um oficial há três semanas.

Assim como ocorreu naquela ocasião, o principal atingido no ataque de hoje foi levado de helicóptero ao hospital de Be’er Sheva. “As organizações terroristas continuam sem descanso suas tentativas de causar danos a civis e soldados israelenses colocando explosivos na zona adjacente à cerca de segurança”, diz o boletim militar.

O Serviço Geral de Segurança (Shabak) de Israel adverte há várias semanas que os ataques desde Gaza são realizados em intervalos cada vez mais curtos e que em outubro houve um pronunciado agravamento da situação.

No mês passado, as milícias palestinas na faixa lançaram 96 ataques contra alvos civis e militares israelenses, em comparação com 24 em setembro, 23 em agosto e 28 em julho.