Uma explosão em um duto interrompeu a produção de petróleo no campo Sarir, na Líbia, informou neste sábado a estatal National Oil. O Sarir é maior campo do país, com produção de cerca de 200 mil barris por dia, conforme a estatal. A causa da explosão ainda é investigada, conforme um porta-voz da National Oil. Segundo a empresa, pode levar uma semana até que o duto volte a operar. As exportações do terminal Hariga, no entanto, não serão interrompidas.

Ontem, homens armados atacaram o campo de petróleo Bahi operado pela Waha Oil, uma joint venture entre a estatal National Oil e as companhias norte-americanas ConocoPhillips, Marathon Oil e Hess Corp. Outro episódio de destaque aconteceu há duas semanas, quando o campo de Mabruk, operado pela joint venture líbia com a francesa Total, foi atacado pelo Estado Islâmico. Na ocasião, nove guardas foram mortos e três operarários foram levados como reféns.

A produção de petróleo na Líbia caiu a 325 mil barris/dia em janeiro, ante quase 900 mil barris/dia em outubro, tendo em vista que campos de petróleo do país foram prejudicados pela escalada da guerra civil do país. Fonte: Dow Jones Newswires.