O final de semana foi marcado por violência em vários locais do Paquistão. Uma bomba colocada em um ônibus deixou pelo menos oito passageiros mortos e feriu outros sete no noroeste do Paquistão no sábado (13), de acordo com policiais do país. A explosão aconteceu enquanto o ônibus, que estava a caminho de Peshawar, passava por um bazar lotado, numa cidade da região.

O motorista do ônibus, Jehanghir Khan, não se feriu e disse que a bomba foi colocada debaixo de um banco. “Eu não consegui ver nenhum suspeito. Eu não sei quem colocou essa bomba. Eu estava passando pelo bazar de Matni quando ouvi a explosão.” Segundo Khan, a explosão também provocou estragos em algumas lojas do local. Nenhum grupo assumiu a responsabilidade imediatamente.

Neste domingo, o Taleban paquistanês atacou dois líderes de um partido político anti-militante no noroeste do Paquistão, deixando um deles morto e outro ferido, no mais recente ataque durante a campanha para as eleições parlamentares do próximo mês.

Mukarram Shah foi morto por explosões assim que entrou em seu carro no vilarejo de Banjot, segundo um policial que disse também que, aparentemente, as bombas foram acionadas por controle remoto. Em outro ataque, uma explosão atingiu um comboio do candidato Masoom Shah, quando ele voltava de um encontro da campanha. Ele e outros três membros do partido ficaram feridos. Os dois líderes são do partido secular Awami National Party, que apoia as operações militares contra militantes no país.

Também neste domingo, homens armados atacaram um comboio de suprimentos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) na região de Khyber, deixando um motorista de caminhão morto e ferindo um outro passageiro, segundo informou o governo local.

Pelo menos quatro militantes ficaram feridos por ataques de um avião não tripulado (drone) dos Estados Unidos no noroeste do Paquistão, na cidade de Datta Khel, reduto de militantes do Taleban e da Al-Qaeda. “Os drones sobrevoaram o local e um deles disparou dois mísseis perto do pôr do sol”, disse uma autoridade local de segurança. As informações são da Associated Press.