A agência de notícias estatal chinesa Xinhua informou que uma explosão em uma mina de carvão no sudoeste do país deixou 12 mortos e feriu outras duas pessoas.

De acordo com a Xinhua, a explosão de gás aconteceu na noite de sexta-feira em Pingba, na província de Guizhou. A agência informou que a mina de carvão estava operando ilegalmente e que seus controladores mentiram sobre o número de mineiros presos e mortos com o acidente. Uma investigação está sendo realizada.

Contudo, uma autoridade de segurança do trabalho da cidade de Anshun, que administra Pingba, disse que a mina é licenciada e opera de forma privada. A autoridade identificou-se apenas com seu último nome, Lin, comum entre funcionários do governo chinês de baixo cargo.

As minas chinesas são as que mais provocam mortes no mundo. As autoridades têm aumentado a segurança nos últimos anos, mas as leis são frequentemente ignoradas. As informações são da Associated Press.