O vice-presidente do Iêmen, Khaled Bahah, pediu o fim dos conflitos em seu país que está devastado pela guerra, pedindo aos rebeldes xiitas e forças aliadas para pararem sua ofensiva na cidade portuária de Áden.

Bahah diz que isso seria um gesto de boa vontade e que poderia abrir a porta para iniciativas de paz.

Os conflitos terrestres foram mais fortes em Áden, onde os rebeldes, conhecidos como houthis, e forças militares aliadas estão tentando tomar o controle da cidade.

Bahah fez seu discurso da capital saudita, Riad, onde ele e o presidente, Abed Rabbo Mansour Hadi, se exilaram, depois que os rebeldes tomaram o poder do governo.

A coalizão liderada pela Arábia Saudita lançou uma campanha de ataques aéreos visando destruir os rebeldes. A campanha já está em sua quarta semana. Fonte: Associated Press.