A ex-ministra das Relações Exteriores de Israel Tzipi Livni anunciou na segunda-feira, 18, a aposentadoria da vida política, depois de constatar a perda total de influência de seu partido a menos de dois meses das eleições legislativas.

Livni, de 60 anos, ficou muito perto de assumir o posto de primeira-ministra em 2009. Segundo pesquisas, seu partido, Hatnuah, pode até mesmo não alcançar a barreira mínima para entrar no Parlamento. “Não temos peso político suficiente para concorrer sozinhos”, disse ela. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.