Um tiroteio em uma clínica psiquiátrica na Pensilvânia deixou dois mortos e sete feridos nesta quinta-feira, informou o Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, ao citar fontes da polícia local. O tiroteio na clínica, que funciona na Universidade de Pittsburgh, ocorreu a partir do começo da tarde de hoje. O porta-voz da Universidade de Pittsburgh, Paul Wood, disse que um dos mortos foi o atirador que começou a confusão.

Uma equipe da SWAT, grupo de operações especiais da polícia, foi deslocada para a cena e uma rua foi bloqueada. O Centro Médico disse que recebeu alguns feridos no tiroteio, mas não disse quantos e nem quais são suas condições. Ainda não está claro quem era o suposto atirador morto e nem as circunstâncias do ataque, que começou a partir das 14h locais.

As informações são da Associated Press.