O pré-candidato republicano Mitt Romney, que venceu ontem as primárias nos Estados de Maryland e Wisconsin, além do distrito de Colúmbia, onde fica Washington, aumentou nesta quarta-feira os ataques contra o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao qual acusou de não ter um plano orçamentário para o governo em 2013. Romney também disse que Obama, em três anos e meio de governo, nunca propôs um plano econômico sério para tirar os EUA da crise. Também nesta quarta-feira, o senador republicano John McCain, que já havia manifestado apoio a Romney, pediu ao pré-candidato Rick Santorum que desista da corrida presidencial. McCain disse que a escolha para o candidato a vice na chapa de Romney está aberta e sugeriu o nome da sua ex-colega Sarah Palin, candidata à vice-presidência em 2008.

Ex-governador de Massachusetts, Romney disse hoje que oferece “uma escolha verdadeira e um novo começo” aos EUA. “Eu tenho a experiência e a visão para tirar o país dessa bagunça”, disse Romney. Ontem, ante à mesma plateia, formada por editores da Sociedade Americana de Jornais, Obama disse que a proposta de orçamento do Partido Republicano para 2013 é um “darwinismo social” que enriquecerá os já ricos e empobrecerá os trabalhadores americanos.

Romney afirmou hoje que “estaria pronto a considerar um plano do presidente para o orçamento, mas ele não tem um plano. Após três anos e meio de governo, ele fracassou em elaborar ou mesmo propor um plano sério para resolver a crise atual. Ao contrário, tomou uma série de passos para acabar com o programa Medicare como o conhecemos”, disse Romney, criticando a reforma da saúde defendida por Obama.

“Como presidente, Obama defendeu várias vezes aumentos dos impostos para as empresas. Agora, que é novamente candidato, Obama decidiu que reduções nos impostos para as companhias é o melhor”, atacou Romney.

Nesta quarta-feira, o senador McCain pediu a Rick Santorum que desista da pré-candidatura. McCain disse que para Santorum “chegou a hora de uma saída com honra” da campanha. Ele sugeriu o nome da sua ex-colega de chapa em 2008, a ex-governadora do Alasca, Sarah Palin, para ser candidata a vice de Romney.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones.