Os Estados Unidos ofereceram armas avançadas a Israel em troca do compromisso do país de não atacar as instalações nucleares do Irã neste ano, de acordo com uma reportagem desta quinta-feira do jornal israelense Maariv.

Citando diplomatas ocidentais e fontes de inteligência não identificados, a reportagem informa que, durante a visita do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, a Washington nesta semana, o governo dos EUA ofereceu bombas avançadas e aeronaves de reabastecimento de longo alcance. Em troca, Israel concordaria em adiar um possível ataque ao Irã até 2013 – em novembro deste ano haverá eleição presidencial nos EUA.

Israel e boa parte da comunidade internacional temem que o programa nuclear do Irã esconde o desenvolvimento de armas, o que dominou a agenda de conversas entre Netanyahu e Barack Obama em Washington nesta semana. Teerã nega a acusação e diz que o programa nuclear do país tem fins pacíficos, como a produção de energia.

Pesquisa – Segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira pelo jornal Haaretz, 58% dos israelenses se opõem a um ataque de Israel sem o apoio dos EUA. O levantamento, feito com 497 israelenses, também mostrou que mais da metade dos pesquisados confia em Netanyahu e no ministro de Defesa, Ehud Barak, para lidar com a questão iraniana. As informações são da Dow Jones.