O Departamento de Estado dos Estados Unidos aprovou a venda de armas no valor total de US$ 1,42 bilhão a Taiwan, informaram autoridades nesta quinta-feira. Trata-se do primeiro acordo com a ilha desde que o presidente Donald Trump chegou ao poder.

O negócio deve gerar críticas da China, que considera Taiwan parte de seu território. Ele acontece ainda em um momento delicado das relações entre Washington e Pequim, em meio aos esforços para controlar a Coreia do Norte.

A venda a Taiwan inclui sete itens, entre eles suporte técnico para um radar, mísseis antirradiação, torpedos e componentes de mísseis SM-2, segundo uma fonte americana. O governo Trump anunciou ao Congresso sua intenção de aprovar os sete acordos propostos. Fonte: Associated Press.