Uma parte significativa do espaço aéreo do Reino Unido foi fechada devido a uma queda de energia no centro de controle de tráfego aéreo de Swanwick, no sul da Inglaterra, que está causando atrasos em voos do Aeroporto de Heathrow, em Londres.

Segundo o Eurocontrol, órgão de controle de tráfego aéreo, o problema poderá persistir até as 17h (de Brasília).

O espaço aéreo de Londres é um dos mais movimentados do mundo.

O incidente ocorreu pouco mais de um ano depois de um problema semelhante afetar Swanwick. Em 7 de dezembro de 2013, o local enfrentou uma interrupção nos serviços – causada por mudanças no sistema de comunicação -, que provocou o cancelamento de cerca de 300 voos e o atraso de centenas de decolagens. Fonte: Dow Jones Newswires.