Um jovem que chegou no domingo a Guayaquil, vindo de Miami, é o primeiro caso confirmado de gripe suína no Equador. A informação foi dada hoje por um porta-voz do Ministério da Saúde. “É um caso confirmado”, afirmou o funcionário.

O governo suspendeu a permissão para que estudantes visitem o exterior, no recesso escolar, como medida preventiva contra o vírus. O Ministério da Saúde equatoriano começou a distribuir 40 mil doses do antiviral Tamiflu a hospitais públicos pelo país.

Esses medicamentos chegaram ao Equador na sexta-feira e a previsão é que outras 110 mil doses cheguem em 12 de junho. As informações são da Dow Jones.