Um enviado especial do presidente da Coreia do Norte, Kim Jong Un, foi despachado para a China, anunciou a agência estatal de notícias KCNA.

A KCNA limitou-se a informar que o enviado especial é Choe Ryong Hae. O motivo da viagem não foi revelado. Não há mais nenhum detalhe disponível no despacho.

Choe é adido político do exército norte-coreano, responsável pela supervisão do contingente de 1,2 milhão de soldados.

A China é a única potência política e econômica aliada de Pyongyang. Ao longo dos últimos meses, o governo chinês está sob pressão dos Estados Unidos para exercer sua influência sobre a Coreia do Norte para convencer o país a abandonar suas ambições nucleares bélicas em meio ao aumento da tensão na Península Coreana. As informações são da Associated Press.