Um paramilitar e um bombeiro foram mortos e quase 70 pessoas ficaram feridas hoje, quando forças marroquinas invadiram um campo no Saara Ocidental, informou um funcionário do governo local à agência France Presse.

Um representante do governo do Saara Ocidental para a região de Laayoune, Mohamed Ghalous, disse que a polícia e outras forças auxiliares foram enviadas à região “para encerrar uma situação em que haviam sido exauridos todos os meios de diálogo”.

A polícia marroquina chegou no início de hoje para desmantelar um campo de moradias com cerca de 12 mil pessoas, estabelecido há quatro semanas nas proximidades da principal cidade do Saara Ocidental. Essa região foi anexada pelo Marrocos no meio dos anos 1970.

Os confrontos entre a polícia e os manifestantes se disseminaram pelas ruas de Laayoune, principal cidade do Saara Ocidental. A informação sobre os confrontos foi divulgada pelo chefe marroquino de uma organização não governamental que atua na área. As informações são da Dow Jones.