O diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, afirmou nesta quinta-feira que tem sido o respeitado o acordo nuclear entre o Irã, os Estados Unidos e outros cinco potências. Os comentários podem ser vistos como uma resposta indireta ao presidente dos EUA, Donald Trump.

No mês passado, Trump se recusou a certificar que o Irã cumpre a iniciativa. Na avaliação do líder americano, os benefícios dados a Teerã não são proporcionais às concessões que o país precisa fazer.

O Irã limitou seu programa nuclear em troca do fim das sanções relacionadas ao seu programa nuclear. Há, porém, um projeto legislativo no Congresso dos EUA que imporia mais condições para o alívio existente às sanções americanas, o que segundo o governo iraniano violaria o acordo.

Amano afirmou ao conselho de 35 países da AIEA nesta quinta-feira que “os compromissos assumidos pelo Irã têm sido implementados”. Fonte: Associated Press.