Uma jovem diplomata está entre as cinco vítimas norte-americanas de um ataque com um carro-bomba promovido pelo grupo islâmico Taleban no sul do Afeganistão. Anne Smedinghoff, de 25 anos, natural do Estado de Illinois, estava viajando com um grupo para doar livros para estudantes quando foi atingida por uma explosão.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, declarou neste domingo que Smedinghoff foi “inteligente e capaz”. Os pais da diplomata disseram ao jornal norte-americano Washington Post que sua filha “sempre procurou oportunidades para fazer a diferença” para moradores de países devastados por guerras. Anteriormente, ela trabalhava na Venezuela. As informações são da Associated Press.